segunda-feira, 19 de setembro de 2011

carta explicativa e pedido de desculpas

No último sábado o Massacre se apresentou no show de comemoração de 10 anos do Luar Rock Bar. A casa estipulou previamente a ordem das bandas, o Massacre foi escalado como quarta banda e o Alto Teor de Revolta como quinta. Ao terminar a apresentação da terceira banda, buscamos nossa aparelhagem e quando subimos no palco os caras do Alto Teor de Revolta estavam se ajeitando para tocar sob a alegação de que queriam apenas “cumprir horário” (alguém os informou que eles tocariam as 4h da manhã). Não é novidade haver atrasos em shows e principalmente no underground nenhuma banda assina contrato estipulando horário, considerando o horário sugerido pela casa, o Massacre estava subindo no palco com uma hora de atraso, mas em nenhum momento pressionamos ninguém, quer seja da casa, ou das bandas, até porque como dito antes, entendemos como normal um atraso de uma hora.

A postura de atravessarem nosso caminho e subirem no palco sem trocar idéia nenhuma foi no mínimo anti ética, pra não dizer arrogante. Tentamos conversar e houve uma confusão pontual que não merece detalhes.

Nada justifica o que aconteceu, mas arrependimento existe e temos humildade pra reconhecer o erro e pedir desculpas. Durante nosso show o Joca pediu desculpas publicamente e agora por aqui, pedimos sinceras desculpas ao mano envolvido na confusão, à todos os membros da banda Alto Teor de Revolta e a equipe do Luar Rock Bar.

Tamo aí pra trocar idéia e resolver essa fita da melhor maneira possível, afinal hardcore é união e não o contrário.

É nóis!

Massacre em Alphaville